Não basta o silêncio de fora. É preciso silêncio dentro. E aí, quando se faz silêncio dentro, a gente começa a ouvir coisas que não ouvia.

- Rubem Alves


quarta-feira, 5 de abril de 2017

O Pássaro Azul




1 comentário:

luis santos disse...


Muito bonita a récita e o quadro, e, já agora, o poema também não é feio. Eu acho!
Grande Abraço Grande António.

Ainda!